"O criador é aquele que faz avançar a história da moda" - Didier Grumbach

domingo, 29 de julho de 2012

MADELEINE VIONNET 1876-1975


Madeleine Vionnet e sua técnica de moulage


Madeleine Vionnet nasceu em Aubervilles, na França, e ainda adolescente começou seu aprendizado como costureira. Foi para Paris, passou algum tempo em Londres e, em 1901, aos 25 anos, estava de volta à França. Seis anos mais tarde, estava trabalhando na Maison de Jacques Doucet, muito conceituada no final do século 19 e no começo do século 20.

Em 1912, afinal, Madeleine Vionnet inaugurava sua própria casa. Fechou-a durante a 1ª Guerra Mundial, e quando a reabriu começou a ganhar a preferência de muitas atrizes da época. Com um estilo inovador, costumava criar seus modelos diretamente em um manequim em miniatura.


Look de Madeleine Vionnet


Duas de suas principais características eram o drapeado e o corte enviesado, para os quais encomendava tecidos com o dobro de largura do que o habitual - seus tecidos prediletos eram o crepe, a gabardine e o cetim, que ela manejava com maestria, a ponto de ser considerada a estilista que mais contribuições técnicas deu à alta costura.

As aberturas de suas roupas eram sempre surpreendentes, laterais, ou na parte de trás, mas também criou peças sem qualquer fenda, e que precisavam ser vestidas com cuidado, pela cabeça. Seus períodos de maior sucesso foram o final dos anos 20 e o começo da década de 30. Madeleine Vionnet aposentou-se em 1939.

Baas Relief, 1931 - Madeleine Vionnet

Um comentário:

Mariana disse...

Ela ainda tem lojas ou alguém que continue com seu estilo?
A vendedora de lentes de contato acuvue me falou que estava estudando moda e que tinha que estudar sobre Madeleine.